A s águas do Xingu

Na aldeia Kamayurá no alto Xingu, antes mesmo dos primeiros raios do sol, começa uma peregrinação para o lago que se segue além do por do sol.

As águas desta lagoa são a principal fonte de alimento e também a essência da cultura deste povo. O mito de criação dos Kamayurá fala de um pássaro mágico que, em disputa com um índio, despejou as águas que formam o lago que inundou a antiga vila. Desde então, o lugar ficou encantado e suas águas e plantas são a fonte da força dos Kamayurás.

1/2