Biografia

Ricardo Teles

Premiações

Fotógrafo free-lance, nascido em Porto Alegre, RS. Desde de 1994 trabalha na cidade de São Paulo nas áreas de documentação e fotojornalismo, com publicações periódicas em diversos jornais e revistas nacionais e estrangeiros, projetos institucionais e relatórios corporativos. Foi fotógrafo independente para o grupo Estado entre 1996 e 2002. Colabora com publicações como as revistas alemã Der Spiegel e National Geografic Brasil, pela qual recebeu por duas vezes o  prêmio Best Edit de melhor reportagem internacional (2013 e 2015).É membro da agência de fotografia Focus da Alemanha a qual faz diversas reportagens na América Latina. 

Autor dos livros Saga - Retrato das Colônias Alemãs no Brasil (Terra Virgem, 1997) e Terras de Preto - Histórias de nove comunidades quilombolas  (A Books, 2004).

A obra do fotógrafo faz parte das coleções de fotografia do Pirelli/MASP (Museu de Arte de São Paulo), Assis Chateubriand do MAM (Museu de Arte Moderna de São Paulo),  MAC (Centro Dragão do Mar, Ceará); do MUHNE (Museu do Homem do Nordeste) e do Cais do Sertão, ambos em Recife.

Os diversos projetos do fotógrafo tem sido expostos em museus e galerias de várias capitais brasileiras, na África, Europa e Estados Unidos.

 

Idiomas

Português 

Inglês fluente
Alemão fluente
Espanhol fluente

 

• Premiação de segundo lugar na categoria Mérito Artístico da Fundação Sinchi da Holanda com ensaio sobre a tribo indígena Kamayurá do Parque Nacional do Xingu (2018).

•Finalista do prêmio Pierre Verger 2016-2017 com o ensaio Transbrasilianas. (Catálogo 2017).

•Terceiro Lugar no POY-LATAN (Picture of the Year - Latin America) na categoria Comidas no Mundo (2015).
Primeiro lugar no Prêmio Sony Awards na Categoria Travel, oferecido pela WPO (World Press Organization) - (2014).

• Primeiro  lugar no Prêmio  New Holland de Fotojornalimo  (2013). 

•Trabalho selecionado pelo Prêmio Fundação Conrad Wessel na categoria trabalho inédito, com o ensaio Encantados (2010) e A Estrada (2011).

• Grande Prêmio Ayrton Senna de Jornalismo na categoria fotojornalismo, com reportagem de capa da revista Carta Capital, intitulado Os dois Brasis (2003).

• Prêmio Jornalistas CET 2001 oferecido pela Comissão Européia de Turismo na categoria de melhor ensaio fotográfico sobre a Europa  com a publicação da matéria sobre o norte de Portugal para a revista Próxima Viagem (2001).

• Prêmio Martius Staden, oferecido pela Fundação Martius Staden pela publicação do livro Saga, devido  a sua relevância cultural e ao fomento nos laços culturais entre o Brasil e Alemanha (1999).

• Bolsa Vitae de Artes com o projeto Quilombos sobre as comunidades negras rurais remanescentes de quilombos do Brasil (1998).

• Prêmio Estímulo de Fotografia com o projeto Quilombos, oferecido pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo (1994).

Publicações

• Livro Germinar – Histórias de Transformação sobre lideranças do terceiro setor. (Editora Auana, 2009).

• Livros do projeto África - Olhares Cruzados de Angola(2005) e Congo RDC( 2007).

•Livro A Pedagogia Waldorf – 50 anos no Brasil. (D'Lippi Arte Editorial, 2006).

•Livro  CDI – 10 anos de Conquistas Sociais, sobre as  ações da entidade Comité pela Democratização da Informática (CDI)na América Latina. (Microsoft/ D'Lippi Arte Editorial, 2005).

•Participação do livro  24 Horas, sobre as atividades da igreja católica no mundo (capítulo sobre a Amazónia). (Vaticano/Wilhelm Heyne Velag, 2005).

•Livro Cidadão 21 Arte – Projeto Crisálida, que retrata o trabalho de arte educadores na periferia de São Paulo. (D'Lippi Arte Editorial, 2004).

•Livro e exposição Terras de Preto – Mocambos, Quilombos- Histórias de nove comunidades rurais do Brasil  (editora A Books, 2002).

•Participação no livro Alma Feminina, de coordenação do fotógrafo Claudio Edinger, com um ensaio sobre uma matriarca do quilombo Jamary dos Pretos, Maranhão, intitulado “Dona Maria - Mãe Velha” (Editora A Books/ 2002).

•Participação no livro Alma Paulista com ensaio fotográfico sobre a cidade de São Paulo (Editora A Books, 2002).

• Cardápio de Soluções, ivro institucional da Nestlé do Brasil que mostra  as ações de organizações não governamentais ligadas às áreas de nutrição  em diferentes estados do Brasil.(D'Lippi Arte Editorial, 2001).

•Livro institucional da Microsoft intitulado Inclusão Digital com ensaio fotográfico sobre instituições não governamentais ligadas as áreas de educação do Brasil ((D'Lippi Arte Editorial, 2000).

• Cuidados pela Vida, uma homenagem aos médicos brasileiros, em conjunto com os fotógrafos Roberto Linsker e Pedro Martinelli (Editora Terra Virgem, 1998).

• Publicação do livro Saga - Retrato das Colônias Alemãs no Brasil (editora Terra Virgem, 1997)

• Capítulo (ensaio fotográfico) sobre as comunidades remanescentes de quilombos no livro Axé, editado pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP) com coordenação da Professora Cremilda Medina (1997).

• Fotos ilustrativas do livro Frechal, Terra de Preto, publicado pelo PVN (Projeto Vida do Negro), entidade ligada a Sociedade dos Direitos Humanos de São Luís, Maranhão (1996).

Exposições Individuais

•Exposição Encantados na Espanha com apoio da Embaixada do Brasil durante o Festival Internacional de Fotografia Latitudes em Huelva, no Centro Cultural Matadoro em Madri, na  Casa Golferichs em Barcelona.(2017)  e  em Segovia no Palacio Quintanar  durante o festival Hay (2018).

•Exposição Rodovia de grãos na Casa de América, Madri, Espanha (2016).

•Exposição Terras de Preto na galeria Blue Sky em Portland, Oregon, Estados Unidos (2012).

•Exposição fotográfica O Lado de Lá sobre a África durante o festival A Gosto da Fotografia no Solar do Ferrão em Salvador/BA (2010), no SESC Santana, no espaço cultural Matilha (2009) e na Pinacoteca do Estado de São Paulo (2011).

•Exposição fotográfica e lançamento do livro Terras de Preto – Mocambos, Quilombos - Histórias de nove comunidades rurais do Brasil no SESC Pompéia em São Paulo (2002). Seguindo no Congresso Nacional durante as comemorações da Semana da Consciência Negra em  Brasília; Espaço cultural do Forte de Cinco Pontas em Recife (2006). Participação do Photofesta, festival Internacional de Fotografia de Maputo como fotógrafo convidado, palestrante e expositor  (2004); na embaixada brasileira de Windohek durante a visita oficial do Presidente da República Sr. Luis Inácio Lula da Silva  a Namíbia (2003) e exposição na galeria Blue Sky em Portland, Oregon, Estados Unidos em 08/2012.

•Exposição fotográfica África-Brasil-África no Palácio do Planalto, Brasília (2003).

•Exposição fotográfica Saga na Frankfurt Messe durante o evento Evangelische Kirchentag em Frankfurt, Alemanha (2001).

•Exposição fotográfica e lançamento do livro Saga no MIS (Museu da Imagem e do Som, 1998), na Usina do Gasômetro em Porto Alegre (1999) e no Museu Casa Vermelha de Curitiba (1999).

Exposições Coletivas

•Exposição Terra em Transe com curadoria de Diógenes Moura durante o Festival Solar. Fortaleza, Ceara 12/2018.

•Exposição coletiva Histórias Mestiças com curadoria de Adriano Pedrosa e Lilia Schwartcz. Istituto Tomie Ohtake, São Paulo, 2014.

•Exposição Rural/Urban, organizafo pelo Syngenta Photography Award na Somerset House, Londres, Ingalterra, 05/2013.

•Menção honrosa e exposição de três obras organizado pelo Centro Latino Americano de Fotografia. Casa Nacional del Bicentenario, Buenos Aires, Argentina, 05/2013.

•Laberinto das Miradas, mostra de autores latino americanos que visitou 18 países da América Latina e Espanha entre 2008 a 2012.

•Exposição The God Factor no Mosteiro de Tibães, Braga, Portugal, 11/2012.

•Menção honrosa na mostra Iberoamericanos, organizado pela Embaixada da Espanha em La Paz, Bolívia, 2012. 

•Exposição fotográfica da coleção Gilberto Chateaubriand no MAM (Museu de Arte Moderna) de São Paulo (2003) e Rio de Janeiro (2004).

•Participação do projeto e exposição fotográfica Brasil e África – Similariedades, juntamente com o fotógrafo Christian Knepper e com curadoria da Sra. Dirce Carrion, com mostras no Palácio do Planalto em Brasília, no Fórum Brasil África no Centro Administrativo Banco do Nordeste em Fortaleza, no Centro de Estudos Brasileiros de Maputo, Moçambique, na Embaixada do Brasil e na inauguração da casa “Brasil – Angola” em Luanda (2003).

•Participação da exposição fotográfica coletiva Brasil, Terra e Gente na Sandro’s Gallery organizado pela embaixada brasileira e pela agência Reflexo em Harare, Zimbabwe (2000).

•Participação da 2º Bienal Internacional de Fotografia da Cidade de Curitiba (livro e exposição) na coletiva “Mostra Brasil”(1998).

•Participação no livro e na exposição coletiva “Brasil, mostra tua cara” da 1º Bienal Internacional de Fotografia da Cidade de Curitiba (1996).

 •Participação na exposição coletiva do Mês Internacional da Fotografia de São Paulo(NAFOTO/1995), intituladas Sócio-ambiental (1995) e Fotografia Brasileira Contemporânea (1993).

Trabalhos em Estudos, Coleções e Acervos

•Tese de doutorado da professora Isa Bandeira intitulada O feminino da fotografia Latino-Americana e Moçambicana: Ricardo Teles, Hernan Diaz e Ricardo Rangel”. ECA/USP, 2017.

• Acervo permanente do ensaio Terras de Preto do museu Cais do Sertão (2014).

• Aquisição de 03 obras(Terras de Pretos) pelo MAC Centro Dragão do Mar do Ceará (2010).

•Aquisição do ensaio Terras de Preto pelo MUHNE – Museu do Homem do Nordeste (2006).

•Participação do projeto Clube da Fotografia do MAM, Museu de Arte Moderna de São Paulo (2003).

• Aquisição de cinco fotografias do ensaio Saga para a coleção  Pirelli / MASP (Museu de Arte de São Paulo) na edição de 2002.

•Participação do projeto Clube da Fotografia do MAM, Museu de Arte Moderna de São Paulo (2003).

• Aquisição de cinco fotografias do ensaio Saga para a coleção  Pirelli / MASP (Museu de Arte de São Paulo) na edição de 2002.

•Inclusão de oito fotografias (Projetos Saga e Quilombos) no acervo permanente do MAM, Museu de Arte Moderna de São Paulo, com  curadoria de Tadeu Chiarelli (2000).